quarta-feira, 25 de junho de 2008

Vacas e Palhaços

Tenho, na minha cozinha, alguns objetos em forma ou com desenhos de vaquinhas. Nada demais, uma leiteira, uns panos de prato, coisas assim. O suficiente para que algumas pessoas achem ridículo. Mas eu me explico.
Eu sei que é ridículo! Não sou uma daquelas mulheres que aparecem no Fantástico, com os criados-mudos cheios de badulaques em forma de porquinhos, cor-de-rosa. Acho as vacas engraçadas, mais ainda quando desenhadas, animais grandes e gordos, malhados de preto no branco (ou vice-versa), de caras redondas, tetas rosadas (que mais parecem luvas de borracha cheias de ar), e que falam . As vacas são mais engraçadas que os palhaços.
Pra mim, os palhaços sempre pareceram e parecerão figuras tristes, aquela velha imagem do Pierrot. Fazer rir as pessoas por trabalho, e ser considerado um palhaço o resto do tempo me parece um pouco deprimente.
As vacas me fazem rir sendo elas mesmas,
comendo grama e falando mú.
Não sou nenhum palhaço colecionador de badulaques, simplesmente, as vaquinhas me alegram. E se um dia você vier me visitar, espero que te alegrem também.
.

Um comentário:

Lu disse...

Buuuuu! Eu master prefiro as vacas!! Odeio palhaços! Nunca gostei, nunca me fizeram rir e parece gente que quer ser o que não é. Sei la... só sei que ODEIO!! rs
Vou entrar mais vezes querido!
Te amooooo
bjs